sábado, 27 de fevereiro de 2010

O que é uma República? (de estudantes)


Olá pessoal!

Este é o tipo de coisa que eu arrogantemente pensava que todo mundo sabia, mas depois de uma situação fiquei sabendo que poucas pessoas se dão conta.

Tudo aconteceu um pouco antes do Carnaval, quando foi proibido o aluguel das Repúblicas Universitárias (principalmente nas Cidades Históricas de Minas Gerais) para turistas que queriam uma hospedagem mais barata durante o Carnaval.

E uma pessoa comentou: Que bobeira! Por que o governo proibiu isso?

E eu respondi: Porque não pertence aos estudantes, pertence a República!

Por que se chamam Repúblicas?

Porque antes de ser proclamada a República os estudantes universitários tinham que arcar com as suas despesas de hospedagem durante todo o seu curso universitário. Sendo assim mesmo que um jovem pudesse pagar os custos de um curso superior, ainda teria que pagar os custos de moradia durante todo o tempo de curso.

Em geral os universitários eram mantidos pelos pais, que alugavam um lugar para os filhos morarem nas cidades onde as universidades se situavam ou pediam para que algum parente os hospedassem.

A criação das Repúblicas Universitárias foi uma resposta do novo regime republicano a antiga aristocracia; agora o governo que é do povo é quem sustenta a moradia dos estudantes; você não precisa ser o filho de um aristocrata para poder fazer a sua universidade em uma cidade distante.

Desta forma aqueles sobrados onde os estudantes ficam lá em Ouro Preto por exemplo enquanto fazem sua faculdade, não pertencem a eles, pertencem a todo o povo brasileiro e portanto eles não podem alugar a turistas durante o Carnaval para ganhar uns trocados.

Um abraço!

Jorge Costa


Carnaval, xixi na rua. Moi, toi, à ton père de!


Olá pessoal!

Já a muito tempo eu queria escrever sobre o assunto xixi na rua.

No último Carnaval no Rio de Janeiro os idiotas do governo resolveram prender quem fazia xixi na rua durante os desfiles de Blocos Carnavalescos (Blocos de Carnaval como dizemos aqui).

Isso é simplesmente ridículo!

Mais uma tentativa dos nossos governantes "mauricinhos" que querem ser mais realistas que o próprio rei em tentar fazer do Rio de Janeiro (e em alguns casos o Brasil inteiro) de Berna na
Suíça ou Antuérpia na Bélgica (como se nesses países ninguém fizesse xixi na rua; pois sim.).

Tentaram fazer isso em algumas cidades da Europa e os chamados tecnocratas europeus quebraram a cara.

Começaram, não a prender que eles lá não são bestas, mas sim a multar pessoas que faziam xixi na rua. Até que eles multaram um advogado que contestou a multa na justiça, alegando que funções biológicas estão acima de qualquer normativa, lei ou determinação de qualquer prefeito ou autoridade mortal. Ele usou a seguinte expressão ao Juiz que julgou a questão: Moi, toi, à ton père! Que quer dizer em português algo como: Eu, você e até teu pai!

O Juiz entendeu que qualquer um que esteja com a bexiga cheia, não poderá ser punido a menos que esteja diante de um banheiro disponível, sem uma fila e com higiene o suficiente para ser usado.

Eu fiz xixi na rua porque estava muito apertado? Fiz! Eu fiz xixi! E você também faria; eu, você e até teu pai.

No caso do Carnaval do Rio de Janeiro os agentes do estado com a polícia (como se a polícia não tivesse nada mais para fazer) foram ao encalço dos incontinentes urinários e os prenderam por atentado ao pudor! A alguns metros dos policiais os ladrões roubavam os aparelhos celulares dos Súditos de Momo sem o menor pudor, mas as câmaras da Rede Globo estavam filmando o atentado ao pudor e nem uma vez focalizou os assaltos e furtos em plena luz do meio-dia.

É verdade que a prefeitura fez uma parceria com a Cerveja Antarctica (que hoje faz parte da AMBEV, mas que teve seu início em um abatedouro de porcos) para a instalação de banheiros químicos públicos com sua propaganda ostentadas pra tudo quanto é lado. O problema é que os banheiros eram ridiculamente insuficientes para tamanho número de pessoas nos blocos.

Com tantas pessoas enchendo a caveira de cerveja e pulando qual coroinha possuído pelo tinhoso, os foliões necessitavam tirar a água do joelho, com as filas enormes e a micção pronta a sair, não tinha jeito, iam todos mijar no primeiro cantinho disponível.

O pior, aconteceu com as mulheres; os banheiros (tanto femininos quanto os masculinos) ficavam infectos em poucos minutos de uso e não havia papel higiênico para as mulheres.

Eu penso que se você não quer que façam xixi nas ruas, não promovam manifestações populares nas próprias ruas com milhares de pessoas bebendo cervejas.

Se você quer promover festas populares com milhares de pessoas bebendo cervejas e não quer que façam suas necessidades biológicas nas ruas, que ponham banheiro o suficiente por todo o percurso para que no máximo haja uma fila de 3 pessoas, nada menos que isso, ou haverá choro e ranger de dentes, e é claro xixi na rua.

Ninguém tem o poder para-psicológico para ordenar a sua uretra não expelir a reciclagem etílica. Ao menos não pulando Carnaval, com mais de 40 Cº e uma sensação térmica de mais de 50Cº.

Ninguém; nem eu, nem você e nem seu pai.

Um abraço

Jorge Costa


quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Previsão do Tempo

Olá!
Eu sei que estou devendo um monte de post's pois fiquei muito tempo sem escrever aqui no blog. Mas os motivos são muitos que me impediram de atualizar O Rescator.
Bom, hoje foi o primeiro dia que choveu em mais de um mês sem cair uma gota de água do céu (aqui no bairro onde moro no Rio de Janeiro).
Eu acompanhei assíduamente a previsão do tempo (clima) em todos os jornais televisivos e no site do CLIMATEMPO e também no Canal do Climatempo (Canal 102 da Sky aqui no Rio).
Bom, era um festival de disparidades a respeito da temperatura e se faria sol ou chuva no dia seguinte.
Deixa eu explicar uma coisa, eu tenho uma mania danada de termômetro...
É, eu tenho um monte deles em casa e até no carro.
Eu tenho termômetro na varanda, na cozinha, no quarto, no escritório; eu tenho termômetro de coluna de mercúrio, tenho termômetro de temperatura máxima e temperatura mínima no período; tenho termômetro de mercúrio (metal liquido) também de máxima e mínima. Tenho termômetro do Paraguay, tenho termômetro brasileiro em Gráus Celsius (Cº), tenho termômetro americano em Fahrenheit (Fº) tenho de tudo quanto é tipo, formato e qualidade.

Tenho um que é o meu xodó: É um digital que mede a temperatura interna e externa da casa tanto máxima quanto mínima em um determinado período.

Eu verifico este termômetro várias vezes por dia e a noite também.

Eu reseto (zero) uma vez por ano e assim sei qual foi a temperatura máxima no ano e a mínima também; e anoto em um papelzinho.

Devido ao calor extremo e a pouca humidade, as plantas do meu jardim e a pequena horta que possuímos estavam morrendo.
Então passei a regar todos os dias em horários diversos.
Isso além de me tomar um tempo imenso (a horta é pequena mas o jardim é bem grandinho) gasta uma água fenomenal e energia elétrica para ligar a bomba e reencher a caixa após cada regada.

Dia após dia eu rezava para chover e nada...
Começava com a previsão do Bom dia Brasil da Rede Globo e terminava com o Canal do Climatempo. Várias vezes eles anunciavam solenemente que choveria e... Nada...

O Clima Tempo muitas vezes informava no canal interativo: Cidade Tal (minha cidade) Probabilidade de chuva 80%, volume estimado 10 milímetros (já dá para molhar as plantas) no dia seguinte... Um sol do cacete!
E assim foi minha peregrinação pelas previsões do tempo: no Jornal da Band tem uma apresentadora com sotaque nordestino que parece que está falando com uma amiga sobre uma cantada que ela rejeitou numa balada; No SBT Brasil uma loura apresenta a previsão junto ao Carlos Nascimento e certa vez ela ridicularizou um alerta de furacão próximo a Santa Catarina dizendo que no máximo haveria um "furaquinho"; bom, no dia seguinte houve talvez a maior catástrofe climática do estado.

E, entre meus termômetros e as previsões quase astrológicas dos meios de comunicações e seus institutos associados eu cheguei a uma conclusão: É melhor olhar pela janela ou se tudo falhar, "Pergunte a Pedra" a Pedra sabe.


Um abraço! P.S. do dia 22 de Dezembro de 2009 até hoje 18/02/10 a maior temperatura aqui no meu termômetro foi de 38,4 Cº

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Por que Jesus Cristo morreu na cruz? Certamente não foi para isso!

Por que Jesus Morreu na Cruz?

É claro que não foi para isso (veja o vídeo).

Agora, tente explicar a uma criança que esteja em um templo deste, que isso é uma aberração, que nada tem a ver com Cristo, religião ou qualquer outra coisa que não auto-promoção, vaidade, dinheiro e futilidade humana.

video

Este vídeo foi realizado em um congresso evangélico chamado: Conferência pela Paz em Favor da Vida.

Um abraço a todos e até a próxima postagem.

Jorge Costa